Home Nostalgia

“Sombrio, complexo e inesquecível” –  Rotten Tomatoes

Curuminzada Nerd, hoje é dia de falar do filme “The Dark Knight”, ou em terras brazucas “Batman: O Cavaleiro das Trevas”, de 2008, dirigido e produzido por Christopher Nolan (uma continuação do filme “Batman Begins”, de 2005, parte da clássica trilogia conhecida como “Batman de Nolan”).

b001

No longa,  Christian Bale repete seu papel como Bruce Wayne/Batman, e no núcleo de personagens são introduzidos Harvey Dent (Aaron Eckhart), o novo promotor público de Gotham e chefe de Rachel Dawes (Maggie Gyllenhaal), amiga de infância de Wayne, que se juntam ao Batman e à polícia para combater a nova ameaça emergente de um criminoso que se auto-intitula Coringa (Heath Ledger).

b002

Nolan não somente deu continuidade ao seu projeto, mas criou também uma obra-prima que seria eternizada nas telas dos cinemas, onde claramente sentimos o conflito dramático e ao mesmo tempo artístico entre a anarquia e ordem, vivenciado entre os dois protagonistas.

b003

Ao longo de seus 152 minutos de filme, vemos um Coringa psicótico e sem limites que consegue fragilizar o herói mascarado, influenciado até o seu limite em seus valores morais.

Para se preparar para o papel, Ledger viveu sozinho num quarto de hotel por um mês, formulando a postura, voz e psique do personagem. Ele começou um diário, no qual escreveu os pensamentos e sentimentos do Coringa para se guiar durante sua performance.

b004

Ledger morreu em 22 de janeiro de 2008, após a conclusão das filmagens. “Foi uma emoção tremenda, logo após ele falecer, ter que voltar e olhar para ele todos os dias”, lembra Nolan. O filme recebeu oito indicações para o Oscar, tendo vencido em duas categorias: Melhor Ator Coadjuvante (um prêmio póstumo para Heath Ledger) e Melhor Edição de Som (Richard King). The Dark Knight se tornou o quarto filme a passar a arrecadação de US$1 bilhão de dólares mundialmente.

b005

Vejamos algumas curiosidades sobre o filme:

- O diretor Christopher Nolan e os co-roteiristas David S. Goyer e Jonathan Nolan decidiram não explorar no filme a origem do Coringa. O motivo era mostrar o personagem como sendo “absoluto”.

- Robin Williams, Lachy Hulme, Paul Bettany e Adrien Brody estiveram interessados em interpretar o Coringa.

- No dia em que foi anunciado o falecimento de Heath Ledger a Warner Bros, produtora do filme, declarou que todas as cenas com o ator estariam presentes na versão final de Batman – O Cavaleiro das Trevas.

- A eterna “Buffy”, Sarah Michelle Gellar, recusou um convite para participar do filme. A atriz seria escalada para interpretar a personagem Arlequina, a escandalosa aliada de Coringa, que tem freqüentes surtos psicóticos.

- O diretor Christopher Nolan declarou que sua maior influência para este filme foi o longa Fogo Contra Fogo (1995).

b006

- Jerry Robinson, um dos criadores do Coringa nos quadrinhos, foi contratado como consultor do filme.

- Nolan filmou algumas das cenas em câmeras gigantes IMAX que eram tão barulhentas que os atores tiveram que se dublar mais tarde.

- Para a cena de abertura foi criada uma bola de fogo de 60 m de altura, em Battersea Powers Station, na cidade de Londres. Vários moradores locais entraram em pânico devido a isto, por acreditar que se tratava de um ataque terrorista.

b007

Com a franquia, e principalmente com este filme, Nolan colocou não somente seu nome dentre os grandes de Hollywood, mas também no imaginário de todos aqueles se envolveram com Batman e seus demônios. Sinceramente me faltam palavras para demonstrar o grande apreço que tenho por The Dark Knight, talvez a melhor palavra que represente esta obra para mim seja “divino”.

Visão Geral da Crítica
Direção - 10
Roteiro - 10
Interpretação - 10
Trilha Sonora - 10
Efeitos Especiais - 10
Diversão - 10
Autor
Especialista em Marketing, cinéfilo desde sempre, é também um Curumim Nerd que saiu de casa e foi ir morar na internet. Nas horas vagas da realidade costuma acreditar na existência dos Homens de Preto. Em outra vida gostaria de ser um jedi.