Skip to main content

Nostalgia – Bill e Ted: Dois Loucos no Tempo

Olá, Curuminzada Nerd! Dessa vez revirei o fundo do baú e trouxe para vocês a clássica comédia “Bill e Ted: Dois Loucos no Tempo” (Bill & Ted’s Bogus Journey) de 1991, com direção de Peter Hewitt e roteiro de Chris Matheson e Ed Solomon.

O longa é precedido por Bill & Ted – Uma Aventura Fantástica (1989). No ano de 2691, um ambicioso cientista chamado De Nomolos (Joss Ackland) se cansa do sistema em que a humanidade vive, criado por Bill (Alex Winter) e Ted (Keanu Reeves), e decide fundar uma nova ordem mundial. Para que sua nova ordem seja aceita, ele precisa destruir a dupla de roqueiros.  Assim, envia ao passado dois robôs idênticos a Bill & Ted e ordena-lhes que matem os verdadeiros e assumam seus lugares, agindo de forma a fazer com que a dupla passe despercebida pela história da humanidade.

Os robôs conseguem matar nossos heróis, mas estes começam a atravessar sua maior aventura, dessa vez no outro mundo. Jogam com a morte chamada no filme de “Ceifador Sinistro” (William Sadler) e até conhecem Deus.

Inicialmente, o título original deste filme seria “Bill & Ted Go to Hell”, mas foi mudado devido a objeções à utilização da palavra “inferno”. O filme é pra lá de louco e divertido e fez a geração de 90 rir bastante e aguardar até hoje a continuação da franquia. Um dos personagens mais memoráveis em “Bill & Ted – Dois Loucos no Tempo” foi ninguém menos que o Ceifador Sinistro, que deu a nossos heróis uma chance de voltarem a vida, após ser derrotado por eles em partidas de “Twister”, “Batalha Naval” e “Detetive”.

A trilha sonora do filme faz o cinéfilo relembrar do rock clássico dos anos 80/90. O solo de guitarra antes da música do Kiss “God Gave Rock And Roll To You”, é tocado pelo lendário guitarrista Steve Vai. As filmagens já tinham acabado e a estréia mundial tinha acontecido a uma semana quando ele foi convidado a fazê-lo. Ele também contribuiu com várias músicas do longa, incluindo “The Reaper Rap”, que aparece no final dos créditos.

Galera. Vale a dica! O filme é de uma ingenuidade muito divertida. Vale relembrar as cenas do jovem ator Keanu Reeves sorrindo (o que parece ser raro nos filmes atuais). Quem for rever ou ver pela primeira vez a comédia, preparem a pipoca com refrigerante e por gentileza: chamem, poooor favor, o curumim nerd aqui. \o_

Meir3les

Especialista em Marketing, cinéfilo desde sempre, é também um Curumim Nerd que saiu de casa e foi ir morar na internet. Nas horas vagas da realidade costuma acreditar na existência dos Homens de Preto. Em outra vida gostaria de ser um jedi.