Acabei de assistir o filme Live action de Bleach na Netflix e vou destacar aqui minhas primeiras impressões. Lembrando que isso não é uma crítica ou análise profissional, sou apenas um fã da série que ficou feliz com a forma que tomou a sua versão cinematográfica.

Primeiro ponto que quero destacar é a originalidade do rotineiro, ou seja, apesar de se tratar de 1h48m de filme o diretor Shinsuke Sato entrega paro o público um resultado fiel a série, claro que a aparição de alguns personagens se torna mais rápida e o filme também corre pulando alguns detalhes presentes na série, porém isso não é um ponto negativo já que se trata de um filme e esse tipo de recurso acaba dando dinâmica para história.

Outro ponto muito importante é a forma com que os atores deram vida aos personagens em especial Sōta Fukushi que interpreta Ichigo. Diferente de muitos outros Live Actions, não buscaram enfatizar características que só são legais na animação e quando se tenta interpretar fica muito artificial. Essa característica artificial que me refiro pode ainda ser observada no próprio filme no personagem Renji interpretado por Taichi Saotome, que foi a pior atuação em meu ponto de vista.

Os efeitos de CGI de acordo com o padrão japonês são até bem usados e deixam as cenas de ação muito fluidas. A trama consegue pegar uma pequena parte da história e transformar-lá em algo grandioso, pessoas que não leram o mangá ou o anime podem assistir e entender e isso é excelente. Além de que o final do filme ter deixado nem pontos soltos nem abertos, o que quero dizer é que se houver um outro filme o público com certeza vai assistir novamente, porém se não houver não vai ficar com aparência de algo sem um final.

Esse último ponto pode ser destacado por alguns como um ponto negativo, já que não deixa aquela deixa para o próximo filme. Se ainda não assistiu o filme corra e tire suas próprias conclusões.