Skip to main content

Três Sombras – Cyril Pedrosa

Trago a você uma verdadeira obra prima, a Graphic de Cyril Pedrosa, que conta a história de três sombras misteriosas que vem em busca do menino Joachim.

A pequena família mora em uma casa em um bosque, onde a felicidade é sutilmente mostrada nas pequenas coisas logo nos primeiros quadros. Ao avistarem os três borrões longe da cabana, os pais do Joachim ficam preocupados; ao decorrer da história seus pais descobrem que as sombras querem seu filho.

Três Sombras - Cyril Pedrosa [acervo]
Três Sombras – Cyril Pedrosa [acervo]
Com medo, seu pai Louis não desiste e não permite de modo algum que tais sombras lhe tirem o pequeno Joachim, viajando com o menino ao redor do mundo, sempre fugindo. Mostrando as dificuldades ao longo do trajeto, os demônios que enfrentam, a desigualdade, a maldade e até mesmo a escassa bondade nas pessoas que encontram.

A história nos mostra a pureza da mais simples felicidade através do traço encantador do autor e roteirista da obra.

Para aquele com coração mole, a Graphic é extremamente tocante e passível de fazê-lo “suar pelos olhos”. Certamente, assim como Pequeno Príncipe, ao término do livro ele não nos deixa do mesmo estado do início da leitura, é encantador, cativante pela arte e pelo roteiro.

Três Sombras - Cyril Pedrosa [acervo]
Três Sombras – Cyril Pedrosa [acervo]
Contendo muita arte de pura interpretação do leitor, o livro nos transporta para dentro da estória e nos permite a sensação de animação gráfica.

Cyril Pedrosa - Autor de Três Sombras
Cyril Pedrosa – Autor de Três Sombras


Sobre o autor de Três Sombras:

Cyril Pedrosa nasceu em 1972, em Poitiers, França. A experiência como animador nos estúdios Disney, em desenhos como O corcunda de Notre-Dame e Hércules, certamente influenciou seu traço como quadrinista de enquadramentos precisos, nos quais se percebe uma grande preocupação com o movimento. Três sombras é seu segundo trabalho como desenhista e roteirista. Os únicos materiais utilizados por Cyril para a confecção da Graphic foram pincel e tinta.

Nani

"Não consigo ler nada!"