Skip to main content

Nostalgia – Bomberman Fantasy Race

[vc_row][vc_column width=”1/1″][vc_column_text]

Agora vamos pegar um pouco de Bomberman, o jogo que tu explode, e um pouco de corrida. Também vai uma pitada de fantasia. Com isso temos a nostalgia de hoje: Bomberman Fantasy Race. Que nada mais é que um jogo de corrida no estilo Mario Kart só que com Bomberman. A coisa fica ainda mais bacana quando descobrimos que eles não usam carros para correr, mas usam Louies e Tirras, que, respectivamente são, coelhos e rinocerontes bípedes corredores. Pode soar estranho mas eles são uma gracinha. Produzido pela Hudson e distribuída pela Atlus, esse jogo foi lançado exclusivamente para Playstation em 1999.

[/vc_column_text][vc_single_image image=”2404″ img_link_target=”_self” img_size=”700×400″][vc_column_text]

Já com essa ideia inicial na cabeça vamos partir para a parte técnica. A jogabilidade do jogo é razoável. Necessita de um pouco de prática. As vezes pode ser bastante frustante pelo atraso na resposta, principalmente nas fases mais no final do jogo que são bem cabulosas de difíceis. A trilha sonora do jogo é bacana, animada e adequada para o contexto de corrida. Casando perfeitamente com os gráficos do jogo, que são extremamente coloridos e chamativos. Como os Bombermans são personagens bem cartoonizados os gráficos se encaixaram bem no jogo. Existe também a opção de jogo em duas pessoas com tela dividida ao meio.

[/vc_column_text][vc_single_image image=”2405″ img_link_target=”_self” img_size=”700×400″][vc_column_text]

Pessoalmente o jogo é divertido, desafiador, as vezes frustante mas recompensador. Bomberman Fantasy Race é um clássico do Playstation na época que Bomberman estava em seu auge. Tentava criar uma nova vertente da franquia para o lado dos jogos de corrida, mas depois desse não tivemos outra coisa parecida. Vamos sentir falta não somente do jogo mas também de jogos relacionados ao Bomberman, por isso trago um breve gameplay para matar um pouco da saudade.

[/vc_column_text][vc_video link=”http://youtu.be/j3sX7uFohQA”][/vc_column][/vc_row]

Artenes Nogueira

Sou uma pessoa