League of Legends pode ganhar seu primeiro bilhão em microtransações ainda esse ano. Saiba mais.

Diga o que quiser de LoL, conte as piadas homofóbicas que der na telha – eu mesmo tenho algumas em mente -, mas aceite esse simples fato no final: a Riot Games sabe como ganhar dinheiro de nerdões como eu. É com essa introdução que publico a notícia.

No ano passado, League of Legends faturou incríveis US$624 milhões, algo em torno R$1,5 bilhão. Mas esse ano a Riot pode conseguir algo inédito: lucrar o primeiro bilhão em microtransações. Pra você ter uma ideia, só entre janeiro e setembro desse ano, a empresa já lucrou US$964 milhões, o que sugere, logicamente, que ela ultrapassará os 10 dígitos até o fim do ano. As estatísticas são da Superdata Research.

Em segundo lugar na pesquisa, com US$897 milhões em receita, está o FPS Crossfire. E logo atrás dele está o jogo da Nexon, Dungeon Fighter Online, com US$891 milhões e World of Warcraft, com US$728 milhões.

Láááá em baixo, para minha surpresa, está Dota 2. Com o alto investimento da Valve no International em grandes campeonatos e a facilidade de efetuar compras com sua Steam Wallet, eu realmente imaginei que a receita do MOBA valviniano fosse maior. Na pesquisa, ela aparece e penúltimo lugar, com “míserosUS$136 milhões. Na laterna está o não tão badalado Hearthstone: Heroes of Warcraft, da Blizzard, com US$114 milhões.

Uma coisa é certa as pessoas não tem mais o que fazer: o mercado de games está mais aquecido do que nunca. Portanto, pense nisso se você tem em mente fazer um jogo Free to Play e se tornar “milhonário“.

League of Legends e o primeiro bilhão em microtransações
League of Legends é a criança rica do bairro e Dota 2, o primo pobre.

Categories: Games Notícias